Trilha da Serrinha + Tubulação: muita chuva, barro e companheirismo!

Serrinha + Tubulação

No último sábado, os Bandeiras fizeram uma das trilhas mais populares e difíceis da região, a Trilha da Serrinha (depois emendamos com a Tubulação). Reunimos 10 ciclistas, partimos do Posto Joia às 15:15 hrs, com o tempo nublado e previsão para fortes pancadas de chuva, mas isso não foi um fator limitante, pelo contrario… O clima, a chuva, a lama só aumentaram a emoção! (rsrs)

Logo no início da trilha dois ciclistas se chocaram ocasionando uma queda, nada de grave, no entanto a bike de um dos envolvidos estragou impossibilitando o mesmo de continuar.

Devido ao tempo chuvoso, a atenção dos ciclistas teve de ser redobrada, mas não foi o suficiente, e na primeira metade do percurso tivemos outra queda, nosso amigo João Vitor perdeu aderência numa curva de cascalho e foi-se ao chão, além do susto e dos ralados nada de mais aconteceu (rsrs).

10846991_767802676618553_1838866434_n

Um chuvisco nos acompanhou até a famosa e difícil “escalada” da Serrinha, quando estávamos finalizando a subida a chuva se intensificou, a enxurrada era forte, e as gigantes poças de água escondiam os buracos dos estradões. O uso de óculos de proteção foi imprescindível, muita água e muito barro.

10859759_767802553285232_1690297427_n

10846670_767802446618576_419615452_n

Permanecemos unidos durante todo traçado, paramos por 3 vezes para repor as energias e descansar, e chegando próximo ao fim da Serrinha, decidimos fazer parte da trilha Tubulação, e foi ai que tivemos um imprevisto.

Terminando a Tubulação, na pirambeira que antecede a chegada da Copebrás, o passador traseiro de um dos ciclistas quebrou, fazendo com que o mesmo ficasse completamente sem relação. Finalizamos a subida da Copebrás empurrando as bikes, dai em diante o ciclista Tiago, a partir de duas camaras de ar improvisou um reboque, puxando o ciclista e a bike estragada até o fim da Av. do Rodoshop, um trajeto de mais ou menos uns 4 km, mostrou que está com um ótimo preparo. Depois disso, o empurramos  até chegar no Supermercado Bretas, em torno de mais 5 km. E o MTB é isso, um ajudando o outro, afinal, nunca sabemos a “trilha” de amanhã, o próximo pode ser você, então seja o primeiro a se dispor a ajudar!

serrinha

Percorremos nesse fim de semana uma média de 65 km e permanecemos por quase 5 horas em cima do selim, enfrentamos chuva, barro, dores, câimbras, e não vemos a hora de marcar a próxima trilha e ir para o próximo desafio!

4144639

João Sérgio Ciríaco

Anúncios

2 comentários em “Trilha da Serrinha + Tubulação: muita chuva, barro e companheirismo!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s